Somos barcos, navegando na vida.
E somos vários.
Navios, canoas, cargueiros…
Só afundamos, quando perdemos o controle do leme, quando perdemos a sintonia com o vento.
Nos estabilizamos, quando voltamos o foco para a segurança de nossa própria âncora.
Podemos ter uma alcateia nos apoiando, mas quando o maremoto da vida se forma aqui e ali, percebemos que estamos sós e, diante de escolhas. Cabe a nós, acertar as velas, apertar o leme, assumir a direção e, decidir a resposta ao problema imposto, proposto, pelas ondas.
Gosto.
Agradeço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: